sábado, 13 de dezembro de 2008

Carta ao prefeito eleito Dr. Aidan

Carta lida no Ato do dia 28/11 no Cine Teatro Carlos Gomes:

Para o ILMO. SR. Prefeito eleito da cidade de Santo André

Para florescer cidadãos

Há alguns anos o escritor Rubens Alves escreveu uma crônica para receber os prefeitos recém eleitos. Ele os conclamava para, mais do que serem jardineiros, trabalharem para tornar cidadãos em jardineiros. Sendo a política, segundo Alves, “a arte da jardinagem aplicada ao espaço público”.

Cremos, então, que ás prefeituras cabe criar esse espaço necessário para que a vida e a convivência possam acontecer, e dar aos artista e produtores as ferramentas necessárias para esta construção. Tudo o mais é acessório.

Como resgatar valores sobre educação, saúde, habitação, meio ambiente, trabalho, etc., sem os espaços públicos em condições e abertos para essa experimentação, discussão, descoberta, afirmação e transformação? A cultura é a base de uma sociedade, e a arte, a relação entre sociedade, cidadãos e espaço para a construção de um objetivo coletivo, fundamentado no diálogo.

Espaços de cultura e arte, através da diversidade e da liberdade de seus procedimentos, assumem esta função de criar possibilidades; já o mundo globalizado impõe mudanças aceleradas, dificuldades no reconhecimento de identidade e esfacelamento físico e espiritual da noção de Cultura, como este cinema abandonado no qual o recebemos, o Carlos Gomes e outros espaços que, embora preservados, são engessados para a participação do público.

Espaços-jardins, ou espaços culturais, transcendem o partidarismo e até mesmo seus próprios jardineiros. Eles são nossos, do povo, da cidade, do mundo e não mais de um partido ou outro. Jardins e jardineiros – vale sempre lembrar - movimentam cidades e regiões, geram cidadãos críticos, negócios produtivos, empregos e melhoria na qualidade de vida. Daí a importância de se perceber a transversalidade que a cultura tem e a necessidade do atrelamento de políticas culturais bem-sucedidas com estratégias de desenvolvimento que possuam interfaces com as demais ações públicas.

Portanto, esperamos que esta nova administração nos permita o diálogo, a participação e a continuidade de projetos bem-sucedidos; que oriente a cidade por uma política cultural que não desampare seus artistas, produtores, sua história e essa identidade em construção. E assim, tenha em nós, seus melhores parceiros e colaboradores na construção da cidadania do nosso município, potencialmente um exportador de produtos culturais.

Coletivo Cultural Andreense/Nov/2008




Carta-Resposta do Dr. Aidan aos Artistas de Santo André

Santo André, 15 de dezembro de 2008.

Ao Coletivo Cultural Andreense

"Os Jardineiros viraram a página", é com um novo espaço público que os andreenses sonham, em resgatar todos os valores perdidos para que um novo jardim seja construido com todo respeito à cidadania do nosso município.

Um líder, ao contrário do que parece ao senso comum, não é aquele movido pelo verbo mandar. Ser líder é muito mais a capacidade de coordenar do que a de impor sua vontade, como o iluminado que determina caminhos.

A função de liderar implica ter ouvidos abertos e ouvir sempre, e mais, falar o necessário e buscar a unidade para agir. É certo que a unidade não é clone da unanimidade, mas opiniões, quaisquer que sejam, não devem ser desprezadas.

São ensinamentos de bom senso que valorizam o ato de liderar e é muito mais uma tarefa de compor consensos do que usar a força.

Quem governa tem que ter dois ouvidos, um para ouvir o ausente e outro, o presente.

É desta forma que espero governar... ouvindo e respeitando todos os jardineiros deste nosso lindo jardim chamado Santo André,

Um forte abraço

Dr. AIDAN RAVIN
Prefeito eleito exercício 2009/2012

2 comentários:

Anônimo disse...

Cade a resposta do Dr. Aidan? Esse cara tá mesmo olhando pra gente?

Ana Sharp disse...

O Aidan escreveu uma carta-resposta. Logo logo puclicaremos aqui!